Clique e assine a partir de 9,90/mês

Euro continua a perder força, apesar de ajuda à Espanha

Por Da Redação - 10 jul 2012, 18h32

Por Patrícia Braga

Nova York – O euro enfraqueceu em relação ao dólar e ao iene nesta terça-feira devido a preocupações de que a Europa não esteja fazendo o suficiente para resolver os problemas de dívida da Espanha. Os ministros de Finanças da zona do euro anunciaram a extensão do prazo para a Espanha cortar seu déficit fiscal, e concordaram em disponibilizar 30 bilhões de euros para os bancos espanhóis no final deste mês.

As medidas mantiveram os yields dos bônus espanhóis de 10 anos abaixo dos 7%, mas o mercado espera uma atitude mais certeira para a crise de dívida antes de comprar euros, disseram analistas. Simultaneamente, os dados divulgados mais cedo pelo governo da China mostraram que, embora as exportações do país em junho tenham excedido as expectativas, as importações cresceram menos do que o esperado.

No fim da tarde, em Nova York, o euro era negociado a US$ $1,2249, de US$ 1,2312 na segunda-feira. O iene estava cotado a 79,41 por dólar, de 79,56 ienes por dólar na última sessão, e a 97,30 por euro, de 99,04 ienes por euro na véspera. A libra estava em US$ 1,5516, de US$ 1,5528 na segunda-feira.

Continua após a publicidade

O euro se desvalorizou US$ 1,15 nos últimos seis meses, refletindo o fato de os europeus terem aplicado um mix de política para ajudar os países da periferia da região, mas não terem sido capazes de resolver todos os problemas apresentados pela crise de dívida soberana, afirmou o estrategista de moeda do Barclays em Nova York, Jose Wynne. As informações são da Dow Jones.

Publicidade