Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Euro atinge mínima ante o dólar, afetado pela Grécia

Por Da Redação 1 nov 2011, 09h46

Por Clarissa Mangueira

Londres – O euro ampliou as perdas registradas ontem e atingiu mínima na sessão ante o dólar, à medida que os participantes do mercado reagem negativamente à notícia de um referendo surpresa na Grécia sobre o segundo pacote de socorro ao país, poucos dias após os líderes da zona do euro fecharem um acordo para lidar com a crise da dívida da região.

Algumas autoridades gregas acreditam que uma derrota no referendo poderia enviar o país para fora da zona euro. Mais cedo, o euro caiu para uma mínima de US$ 1,3649 e para 0,8565 libra, após os investidores retirarem suas apostas arriscadas.

As moedas emergentes da Europa foram ainda mais atingidas, com o Zloty polonês entrando no território de intervenção (o euro atingiu a cotação de 4,45 Zlotys. Já o Florim húngaro caiu em torno de 1% em relação à moeda comum.

Sinais sobre uma desaceleração do crescimento econômico na China somaram-se ao cenário negativo. O índice dos Gerentes de Compra (PMI, na sigla em inglês) oficial da China caiu para 50,4 em outubro, comparado aos 51,2 em setembro, segundo a Federação de Logística e Compra da China (CFLP, na sigla em inglês).

O Banco Central da Austrália também cortou a taxa de juros, provocando queda do dólar australiano. Às 10h20 (pelo horário de Brasília), o euro operava em US$ 1,3686, de US$ 1,3858 de ontem no final do dia em Nova York. O dólar era negociado a 78,20 ienes, de 78,17 ienes. O euro estava em 107 ienes, de 108,34 ienes. A libra operava em US$ 1,5928, de US$ 1,6082. As informações são da Dow Jones.

Continua após a publicidade
Publicidade