Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

EUA: déficit fiscal cai a 7% do PIB no exercício 2011-2012

O saldo negativo das finanças federais, de 1,089 trilhão de dólares, continuou acima de 1 trilhão de dólares pelo quarto ano consecutivo

O déficit fiscal federal dos Estados Unidos caiu a 7% do PIB no exercício 2011-2012, que terminou em 30 de setembro, anunciou nesta sexta-feira o governo. No exercício anterior, o déficit havia sido de 8,7% do PIB. Apesar de a queda ser de 16% sobre o exercício 2010-2011, o saldo negativo das finanças federais, de 1,089 trilhão de dólares, continuou acima de 1 trilhão de dólares pelo quarto ano consecutivo.

Em sintonia com uma melhora da situação econômica do país, o reequilíbrio das contas públicas foi possível graças a um aumento de 6% da renda do estado com relação a 2011, acompanhado de uma redução de 2% do gasto público, segundo os dados oficiais.

Em um comunicado divulgado conjuntamente com o secretário do Tesouro, Timothy Geithner, o diretor do Escritório de Orçamento da Casa Branca, Jeffrey Zients, estima que “a via traçada para reduzir o déficit orçamentário é clara”. “É hora de o Congresso tomar as medidas necessárias para permitir alcançar um crescimento econômico duradouro nos próximos anos”, afirma Geithner.

O secretário fez referência aos desafios que enfrentarão os legisladores. Eles deverão entrar em acordo antes do final do ano, de maneira a reduzir a dívida pública dos Estados Unidos (que este ano chegará a 107,2% do PIB, segundo o FMI, e sem cuja queda a frágil recuperação econômica corre o risco de se chocar contra o chamado “muro orçamentário”.

Leia mais:

FMI: política monetária dos EUA é do interesse do Brasil

Inflação nos EUA tem 2º avanço seguido e fica em 1,1%

(Com Agence France-Presse)