Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Espanha espera que pacto da UE e próxima reunião do G-20 restaurem confiança dos mercados

O chefe de governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, manifestou neste sábado esperança de que a “resposta à crise” dada pela União Europeia e a próxima reunião de cúpula do G-20 contribuam para restaurar a confiança dos mercados.

“Esperamos que os acordos na UE, somados aos do G20 (que se reúne na próxima semana em Cannes, França), restaurem a confiança, que definitivamente é a chave para que a economia flua, depois dos últimos meses em que novamente alarmes e luzes vermelhas estiveram no centro da mesa”, disse em sua intervenção na XXI reunião de cúpula Ibero-Americana, em Assunção.

“Sabemos que se não acertarmos e não tivermos uma resposta forte, isto pode gerar um efeito negativo na economia mundial e, com isto, na latino-americana”, acrescentou.

Segundo Zapatero, a situação na Europa, “é a mais séria já enfrentada desde a Segunda Guerra Mundial”, e começou com a crise financeira nos Estados Unidos, em 2008.

Em declarações feitas paralelamente à reunião de cúpula, o presidente espanhol considerou “muito maus” os últimos dados de desemprego na Espanha, que atinge 21,52% da população economicamente ativa – o mais alto patamar, desde 1996.

Zapatero despediu-se da Cúpula Ibero-Americana como chefe de Estado, a poucas semanas de ceder o poder, depois das eleições do próximo 20 de novembro, reafirmando o compromisso da Espanha com os países latino-americanos e com a ajuda a seu desenvolvimento, que cifrou em 1,7 bilhão de dólares.