Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Economia dos EUA cresce em ritmo ‘fraco a lento’, diz Livro Bege do Fed

A economia dos Estados Unidos cresceu a um “ritmo fraco a lento” em junho e início de julho, segundo o relatório de conjuntura do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA), conhecido como Livro Bege, publicado nesta quarta-feira.

O relatório confirma a desaceleração da atividade, relatada na terça-feira pelo presidente do organismo, Ben Bernanke, em um discurso no Congresso. O tom do relatório é menos estimulador que o último publicado no início de junho, quando o Fed afirmava que a atividade havia crescido “a um ritmo lento”.

“O conjunto da atividade econômica continuou crescendo em um ritmo entre frágil e lento em junho e início de julho”, disse o relatório, que é publicado entre a cada seis a oito semanas.

Segundo o relatório, a atividade manufatureira, principal motor da reativação econômica iniciada em 2009, estouro da bolha imobiliária em 2008, “continuou crescendo lentamente na maioria das regiões”.

O Fed nota ainda um leve aumento das vendas ao varejo na maior parte do país.

A conjuntura continuou melhorando na moradias (construção e venda de casas usadas), disse o banco central, conforme indicado pelos últimos dados do setor.

No setor financeiro, o Fed destacou um ligeiro incremento da demanda de empréstimos na maioria das regiões.

Assim como no início de junho, o relatório destaca que a inflação foi “modesta” e que as pressões inflacionárias recuaram pela queda dos preços da energia.

Sobre o emprego, o Fed estima que houve fraca evolução na maioria das regiões” desde seu último relatório, em consonância com as cifras oficiais do Departamento de Trabalho, publicadas em 6 de julho.