Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Dólar opera em queda à espera de pesquisa e ata do Fed

O mercado aguarda documento da última reunião do Banco Central dos EUA, que deve indicar se a política de aumento de juros será ou não mantida

Por Da redação Atualizado em 18 out 2018, 10h30 - Publicado em 17 out 2018, 11h01

O dólar opera em queda nesta quarta-feira após fechar pregão de terça com baixa de 0,30%, cotado a 3,7201 reais. No mês, a moeda americana acumula desvalorização de 8,32%. Às 14h50, o dólar era vendido a 3,68 reais – na abertura, chegou a ser negociado a 3,72 reais. Já o Ibovespa, principal índice da Bolsa de São Paulo, opera em queda de 0,88%, aos 84.986 pontos.

O mercado financeiro aguarda a divulgação de pesquisa eleitoral Datafolha na noite desta quinta-feira. O resultado não deve alterar o ânimo dos investidores – que continuam a apostar na vantagem de Jair Bolsonaro (PSL) sobre Fernando Haddad (PT).

Na segunda-feira, pesquisa Ibope revelou que Bolsonaro lidera a disputa ao Planalto com 59% dos votos válidos, contra 41% de Haddad.

Os investidores também estão de olho na Eletrobras. Na noite de terça, o Senado rejeitou o texto que viabilizaria a venda das distribuidoras da estatal.

Fed

No cenário externo, o mercado aguarda divulgação da ata do último encontro de política monetária do Banco Central dos Estados Unidos (Fed, na sigla em inglês). O documento deve indicar se o aumento de juros no país será mantido ou não.

Desde o início de 2017, o Fed vem elevando as taxas básicas de juros da economia americana. À época, as taxas estavam próximas de 0,5% ao ano e, agora, já passam de 2% ao ano.

Na véspera da divulgação da ata, o presidente Donald Trump criticou a rapidez com que o Fed vem subindo a taxa de juros. Segundo ele, tal política é a “maior ameaça” para a economia americana.

As taxas de juros gradualmente crescentes, dizem as autoridades do Fed, buscam evitar um aumento rápido da inflação, enquanto permanecem baixas o suficiente para que a recuperação econômica e a forte geração do emprego continuem.

Continua após a publicidade

Publicidade