Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Dólar alto não inibe turistas e gastos no exterior batem novo recorde

Tanto em agosto quanto no acumulado do ano, gastos dos brasileiros atingem nova máxima; no mês, dólar acumulou alta de 4,5%

Por Da Redação 24 set 2013, 15h42

Mesmo com a disparada do dólar, os gastos dos brasileiros no exterior bateram recorde em agosto. Segundo dados do Banco Central, os gastos no mês passado somaram 2,22 bilhões de reais – maior valor já registrado no mês. A máxima anterior havia sido registrada em agosto de 2012, quando os gastos somaram 1,92 bilhão de dólares. Trata-se, também, da primeira vez que os gastos superam o patamar de 2 bilhões de dólares em agosto.

No acumulado dos oito primeiros meses do ano, as despesas no exterior alcançaram 16,7 bilhões de dólares, valor também recorde para o período. No mesmo intervalo do ano passado, brasileiros haviam deixado 14,63 bilhões de dólares fora do país.

A renovação dos recordes de gastos no exterior ocorreu justamente no mês em que o dólar disparou em relação ao real: a alta de agosto foi de 4,5% e a moeda americana chegou a ser cotada a 2,45 reais, cifra que não era vista desde 2008. Diante da alta, o Banco Central anunciou um programa de leilão de contratos de swap cambial (que significa a venda de dólares no mercado futuro) num total de 100 bilhões de dólares até dezembro deste ano.

Leia também:

Brasil tem a maior saída de dólares para meses de agosto em 15 anos

A alta de agosto ocorreu, sobretudo, por causa das incertezas sobre o fim da política de estímulos monetários do Federal Reserve (Fed, o banco central americano). A expectativa de retirada do programa de compras de títulos do BC americano, que ajuda a dar liquidez ao setor financeiro por meio da injeção de 85 bilhões de dólares mensais no mercado, trouxe volatilidade ao mercado de câmbio. As moedas dos países emergentes foram as mais impactadas – em especial, o real e a rúpia indiana.

Continua após a publicidade
Publicidade