Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dólar ainda recebe influência do Fed

Por Cristina Canas

São Paulo – O dólar à vista abriu o dia estável a R$ 1,742 e caiu a R$ 1,740 (-0,11%) no mercado doméstico de câmbio. A moeda norte-americana tem perdas generalizadas desde que o banco central dos Estados Unidos avisou, na quarta-feira, que os juros do país ficarão nos níveis baixos atuais até 2014 e também sinalizou que poderá haver uma nova rodada de injeção de liquidez na economia, se necessário.

Internamente, pesam para a queda do dólar também as expectativas de fluxo positivo e a liquidez abundante em moeda estrangeira. As captações externas continuam fortes e os bancos estão comprados no mercado à vista, o que está restringindo a demanda por dólares no interbancário, segundo operadores. O contraponto estaria sendo feito por importadores e pela percepção de que se a queda do dólar continuar, o Banco Central pode retomar as compras de divisas no mercado à vista.

Vale ressaltar que a agenda de hoje é cheia de eventos econômicos que podem mexer com os negócios financeiros, como os dados preliminares do PIB dos EUA no quarto trimestre, o sentimento do consumidor norte-americano em janeiro e números de crédito, juros e inadimplência no Brasil.