Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Custos da dívida de 30 anos da Alemanha caem para mínima recorde

Demanda por menos risco colaborou para aumentar a oferta de investidores

A dívida de longo prazo dos poucos países da zona do euro que ainda têm rating máximo tem encontrado boa demanda neste ano

A Alemanha vendeu bônus de 30 anos com juros em mínima recorde nesta quarta-feira. O país recebeu mais de 5 bilhões de euros de demanda para a oferta de 3 bilhões de euros do papel – mais do que os 2 bilhões de euros que a Alemanha geralmente coloca em vendas de dívida para 30 anos – com 2,46 bilhões de euros alocados a um juro médio de 2,62%, seu custo mais baixo já registrado para empréstimos de longo prazo.

A despeito do tamanho maior, a venda foi mais bem sucedida do que a última reabertura do bônus em outubro, que atraiu menos demanda do que o montante ofertado. Um recente barateamento da dívida alemã no mercado secundário também ajudou a demanda. “Ainda parece haver muita demanda por segurança lá. Os investidores em geral estão cheios de dinheiro e buscando formas de aplicá-lo, preferivelmente na dívida mais segura”, disse o estrategista de taxas do DZ Bank Michael Leister. “Temos visto uma liquidação considerável nos títulos da dívida alemã ao longo das últimas sessões, mas no geral o mercado não parece estar inteiramente confiante neste sentimento de risco”, completou.

A dívida de longo prazo dos poucos países da zona do euro que ainda têm rating máximo (AAA) tem encontrado boa demanda neste ano. “Os leilões principais de 30 anos desta semana reiteram que a demanda por papel principal muito longo ainda é boa”, disse o estrategista de taxas do Crédit Agricole Peter Chatwell. “O mercado claramente ainda não precificou um ambiente estruturado em taxas baixas”, acrescentou.

(Com Reuters)