Clique e assine com até 92% de desconto

Custo da construção em SP sobe 0,48% em julho

Por Da Redação 1 ago 2012, 12h03

Por AE

São Paulo – O Custo Unitário Básico (CUB) do setor de construção civil no Estado de São Paulo cresceu 0,48% em julho ante junho. Calculado pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP) e pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), o CUB é o índice oficial que reflete a variação dos custos do setor para a utilização nos reajustes dos contratos de obras.

No mês passado, os custos das construtoras com materiais de construção subiram 0,43% frente a junho, enquanto que os custos com mão de obra apontaram alta de 0,55%. Os custos administrativos (salários dos engenheiros) ficaram estáveis na mesma base de comparação. A média ponderada entre os três itens resultou na variação de 0,48% do CUB representativo da construção paulista, que neste mês ficou em R$ 1.018,37 por metro quadrado.

No acumulado de 2012, o CUB registra alta de 6,62%, com alta de 9,67% nos custos com mão de obra, avanço de 2,66% nos custos com materiais e acréscimo de 7,68% nos custos administrativos. Nos últimos 12 meses encerrados em julho, a variação do CUB é de 6,99%.

No mês de julho, seis dos 41 insumos da construção pesquisados aumentaram acima do IGP-M do mês, que registrou alta de 1,34%. Entre os que tiveram os maiores reajustes no mês, estão registro de pressão cromado (+2,45%); impermeabilizante normal tipo vedacit 18l (+2,19%); janela de correr 2 folhas 1,2m x 1,2m(+1,83%); alimentação tipo marmitex nº8 (+1,72%); tubo de PVC rígido rosca água (+1,71%) e placa cerâmica (azulejo) 15cm x 15 cm(+1,43%).

Continua após a publicidade
Publicidade