Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Crocs vai fechar fábricas e lojas menos rentáveis

Para reduzir custos, empresa vai fechar fábricas na Itália e México até final do ano

A fabricante de calçados Crocs anunciou hoje um plano de redução de custos. A estratégia prevê o fechamento de fábricas na Itália e México até final do ano. A produção desses locais passará a ser terceirizada.

Sem fabricação própria no México, a Crocs também vai desativar o centro de distribuição que mantém no país.

A companhia também planeja fechar lojas menos rentáveis, o que acontecerá conforme os contratos de concessão forem vencendo. A ideia é reforçar sua atuação no comércio online.

Ao mesmo tempo, a Crocs anunciou a substituição da vice-presidente executiva, Carrie Teffner, que deixará o cargo até abril e será substituída por Anne Mehlman, ex-vice-presidente de finanças corporativas.

A empresa anunciou hoje que registrou um lucro no segundo trimestre de 30,4 milhões de reais – 35% por ação.

A diretora financeira, Carrie Teffner deixará o cargo e será substituída por Anne Mehlman, ex-vice-presidente de finanças corporativas da Crocs e atual diretora financeira da Zappos.