Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Cortes de gastos da Itália são insuficientes, diz BC

Por Da Redação 12 out 2011, 14h24

Por Gabriel Bueno

Roma – As recentes decisões de política fiscal da Itália “não são o suficiente” para reparar as finanças públicas da terceira maior economia da zona do euro, afirmou o presidente do Banco Central italiano, Mario Draghi, nesta quarta-feira. O recente pacote de austeridade, com compromissos de 54 bilhões em aumento de impostos e corte de gastos para equilibrar o orçamento em 2013, vai na direção certa para deixar a Itália “mais sustentável”, porém é insuficiente, acrescentou ele.

A Itália precisa cortar “drasticamente” sua dívida pública, disse a autoridade. No próximo mês, Draghi assume o cargo de presidente do Banco Central Europeu (BCE). “É importante que todos estejam totalmente convencidos de que apenas os italianos podem salvar a economia italiana”, alertou ele. As informações são da Dow Jones.

Publicidade