Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Converse processa varejistas por plágio de tênis All Star

Gigantes como Walmart e H&M estão na lista de empresas processadas; marca alega que design do tênis foi copiado por diversas redes

A Converse está processando 31 lojas e fabricantes nos Estados Unidos, incluindo Walmart, Kmart, H&M e Skecher, por copiarem o design de seus calçados. As informações foram publicadas pelo jornal The New York Times.

Apesar de pedir indenização na Corte do Distrito de Nova York, o principal objetivo da Converse é retirar os produtos das outras empresas das prateleiras. “O objetivo é realmente parar esta ação”, disse o diretor-executivo da Converse, Jim Calhoun. “Eu acho que nós somos um tanto sortudos por termos a posse do que consideraríamos um ícone americano”.

Leia também:

Após disputa com nadador, Justiça proíbe empresa Cielo de usar marca Apple é a marca mais valiosa do mundo em 2014. Confira o ranking

A reclamação também foi encaminhada à Comissão de Comércio Internacional dos Estados Unidos. A Converse alega que as lojas e as fabricantes se apropriaram indevidamente de símbolos icônicos da companhia. Se a decisão da comissão for favorável à Converse, calçados considerados falsificados não poderão entrar no país.

O vice-presidente de comunicação global da marca, Terri Hines, afirmou que a Converse pretende entrar com ações separadas contra cada empresa. A companhia também informou ter enviado mais de 160 cartas às lojas e fabricantes processadas com reclamações.