Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Contas do setor público têm déficit de R$ 13 bi em maio

O resultado representa o maior déficit para o mês desde maio de 2017; o saldo acumulado em 12 meses passou a ser deficitário em 100,359 bilhões de reais

Por da Redação Atualizado em 28 jun 2019, 14h10 - Publicado em 28 jun 2019, 12h25

O setor público consolidado apresentou déficit primário de 13 bilhões de reais em maio, informou nesta sexta-feira, 28, o Banco Central. O resultado representa o maior déficit para o mês desde maio de 2017, quando ficou em 30,736 bilhões de reais. 

O setor público consolidado, engloba o governo federal, estados, municípios e empresas estatais. O resultado de maio mostra que o déficit do governo central (União, BC e Previdência) foi de 13,2 bilhões de reais e, das empresas estatais, de 1,1 bilhão de reais. Nos governos estaduais, foi registrado  superávit de 1,2 bilhão de reais.

  • Isso significa que as receitas de impostos e contribuições do governo foram menores do que as despesas. A conta não inclui gastos do pagamento de juros da dívida pública. com o pagamento dos juros da dívida pública.

    Com o resultado, o saldo acumulado em 12 meses passou a ser deficitário em 100,359 bilhões de reais, o equivalente a 1,44% do Produto Interno Bruto (PIB). O resultado de maio representa piora em relação ao mesmo mês do ano passado, quando o saldo negativo somou 8,224 bilhões de reais.  Em todo ano de 2018, as contas do setor público tiveram um déficit primário de R$ 108 bilhões, ou 1,57% do PIB. Para o ano, a meta é de um rombo primário de 132 bilhões de reais, sexto resultado anual consecutivo no vermelho.

    (Com Reuters e Estadão Conteúdo)

    Continua após a publicidade
    Publicidade