Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Conheça os vilões da inflação em 2014

Vinte e quatro itens respondem por 3,29 pontos porcentuais da alta de 4,02% dos preços ao consumidor no ano

Por Da Redação - 5 set 2014, 11h13

As refeições têm sido o principal vilão da inflação neste ano, como mostrou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira. Sozinho, o item é responsável por 0,33 ponto porcentual dos 4,02% que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) apresentou de alta no acumulado do ano, até agosto. Mas, em termos de aumento de preços, foi a energia elétrica a principal vilã: o reajuste médio nacional já subiu 11,66% no ano ante 6,55% das refeições, respondendo por 0,31 ponto porcentual da alta dos valores no ano.

A inflação de apenas 24 itens analisados pelo IBGE foi responsável por 3,29 pontos porcentuais dos 4,02% de alta de preços neste ano, de janeiro a agosto. Em termos porcentuais, além das refeições e energia elétrica, também pesaram os itens empregado doméstico (respondendo por 0,30 p.p.), aluguel residencial (0,27 p.p.), cursos regulares (0,25 p.p.), carnes (0,22 p.p.) e plano de saúde (0,20 p.p.). Estão ainda na lista o pão francês, hotéis, cigarro, carro, farmácia, aluguel e condomínio, entre outros.

Confira a lista dos maiores pesos pesados da inflação do brasileiro em 2014 e quanto eles subiram de preço no ano.

Leia mais:

Publicidade

Inflação avança 0,25% em agosto e estoura (de novo) teto da meta

Dilma: reduzir inflação implica cortar gastos sociais

Aécio quer reduzir inflação ao centro da meta em até 3 anos

Vilões da inflação em 2014

Publicidade

Apenas 24 itens respondem por 3,29 p.p. da alta de 4,02% do indicador de janeiro a agosto

IBGE

Publicidade