Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Como pedir um aumento salarial ao seu chefe em 2018

Busque motivos objetivos e profissionais para justificar o pedido de aumento salarial

Pedir aumento salarial ao chefe costuma causar calafrios na maioria dos profissionais. Além de não saber bem como tocar no assunto, muitos funcionários temem receber um ‘não’ do superior hierárquico.

Para que a reivindicação de reajuste tenha resultado positivo e não cause estresse profissional é preciso planejamento e observação.

“É importante estar ciente sobre os motivos da solicitação, evite fazer isso por motivações pessoais ou subjetivas. É fundamental se planejar e se preparar para uma conversa sobre aumento salarial e consequentemente sobre carreira e desafios”, aconselha Wilma Dal Col, diretora da Right Management, empresa do grupo ManpowerGroup.

Depois do planejamento e preparo iniciais, o profissional deve escolher o momento correto para falar sobre o assunto. “Se é o dia de um grande evento ou se a empresa está em um momento de crise, definitivamente não é o melhor momento para conversar sobre salário”, diz Breno Paquelet, especialista em negociação pela Harvard Business School.

E ao contrário do que muitos pensam, o pedido de aumento salarial deve ser feito de maneira formal. Marque uma reunião com seu chefe e avise que quer conversar sobre o assunto. “Nada de pegar o líder na hora do café ou de surpresa para pedir aumento. Essa atitude aumenta a chance de ouvir um não”, diz o Paquelet.

Mapeie as pessoas que podem ajudar na decisão do chefe. Vale, por exemplo, mostrar nos bastidores suas realizações e conquistas para que esses parceiros mostrem ao seu chefe que você merece um aumento salarial. “Mas se tiver alguém que vai falar mal ou será contra o seu reajuste, tente neutralizá-la. Veja os motivos pelos quais ela é contra o seu aumento e, se for o caso, mostre que os argumentos não são profissionais, por exemplo”, comenta Paquelet.

O passo seguinte é preparar os argumentos para a hora da conversa com chefe. Faça sua lição de casa. Pesquisa no mercado qual o salário médio de um profissional em uma empresa com o mesmo porte da qual você trabalha, quanto ganha um profissional com sua formação e responsabilidades e a remuneração dos seus pares na companhia.

“É importante que o profissional pesquise como o mercado tem pago pessoas que atuam na mesma área, em empresa do mesmo segmento, com nível de função e atuação semelhante. É dessa forma que o profissional estará mais preparado para argumentar e embasar sua solicitação. Evite argumentos baseados em questões e opiniões pessoais”, diz Wilma Dal Col.

Liste suas realizações e mostre que um salário compatível contribuiria para avançar em novos projetos e conquistas. “Vale destacar que essa é uma negociação difícil e deve ser feita com muita cautela porque envolve a pessoa com a qual você quer continuar a ter um relacionamento”, diz Paquelet.

E se mesmo mostrando que o salário não está compatível com o mercado, com todas as argumentações e realizações o profissional não conseguir o tão sonhado aumento? Nada de desistir. Peça um feedback do seu trabalho ao seu chefe, pergunte no que você pode evoluir e o que você deve fazer para conquistar um salário melhor. E já deixe marcada uma nova reunião para alguns meses depois para mostrar os novos resultados.

“A conversa é importante porque através desse feedback você consegue entender seu posicionamento na empresa e ganha um norte, não fica com aquela angustia de não ter o aumento e sem saber o motivo”, comenta Maria Sartori, gerente sênior de recrutamento da Robert Half.