Clique e assine a partir de 9,90/mês

China retoma compra de Treasuries em janeiro

Por Da Redação - 15 Mar 2012, 14h32

NOVA YORK, 15 Mar (Reuters) – Os estrangeiros começaram 2012 comprando Treasuries, segundo dados do Tesouro dos Estados Unidos divulgados nesta quinta-feira, com a China retomando compras e as aplicações do Japão subindo a um nível recorde.

As compras líquidas de Treasuries subiram para 82,961 bilhões de dólares em janeiro, após vendas líquidas de 14,901 bilhões de dólares em dezembro.

A China, o maior credor externo dos Estados Unidos, aumentou sua carteira de Treasuries em 7,6 bilhões de dólares em janeiro, para 1,159 trilhão de dólares.

O Japão, o segundo maior detentor de Treasuries, aumentou sua carteira para o recorde de 1,079 trilhão de dólares.

Continua após a publicidade

Em geral, os ingressos líquidos de capital de longo prazo foram de 101,046 bilhões de dólares, acima dos 19,12 bilhões de dólares registrados no mês anterior.

“A China aumentou a sua compra em 8 bilhões de dólares. E daí? disse o chefe de pesquisa de taxas dos EUA e estratégia do TD Securities em Nova York, Eric Green. “A tendência de baixa nas compras chinesa continua. A posição líquida de Treasuries da China ainda está abaixo de 33 bilhões de dólares nos últimos 12 meses. Eles vão comprar Treasuries, mas num ritmo mais lento. “

Os ingressos líquidos de capital global para os Estados Unidos caíram para 18,825 bilhões de dólares em janeiro, ante o fluxo de entrada de dezembro, revisado para 95,216 bilhões de dólares, o que não é suficiente para cobrir o déficit comercial do mês.

O déficit comercial dos EUA para janeiro foi de 52,57 bilhões de dólares. O departamento havia informado originalmente uma entrada líquida total de 87,1 bilhões de dólares em dezembro.

Continua após a publicidade

(Reportagem de Nick Olivari; reportagem adicional de Richard Leong)

Publicidade