Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

China retoma compra de Treasuries em janeiro

NOVA YORK, 15 Mar (Reuters) – Os estrangeiros começaram 2012 comprando Treasuries, segundo dados do Tesouro dos Estados Unidos divulgados nesta quinta-feira, com a China retomando compras e as aplicações do Japão subindo a um nível recorde.

As compras líquidas de Treasuries subiram para 82,961 bilhões de dólares em janeiro, após vendas líquidas de 14,901 bilhões de dólares em dezembro.

A China, o maior credor externo dos Estados Unidos, aumentou sua carteira de Treasuries em 7,6 bilhões de dólares em janeiro, para 1,159 trilhão de dólares.

O Japão, o segundo maior detentor de Treasuries, aumentou sua carteira para o recorde de 1,079 trilhão de dólares.

Em geral, os ingressos líquidos de capital de longo prazo foram de 101,046 bilhões de dólares, acima dos 19,12 bilhões de dólares registrados no mês anterior.

“A China aumentou a sua compra em 8 bilhões de dólares. E daí? disse o chefe de pesquisa de taxas dos EUA e estratégia do TD Securities em Nova York, Eric Green. “A tendência de baixa nas compras chinesa continua. A posição líquida de Treasuries da China ainda está abaixo de 33 bilhões de dólares nos últimos 12 meses. Eles vão comprar Treasuries, mas num ritmo mais lento. “

Os ingressos líquidos de capital global para os Estados Unidos caíram para 18,825 bilhões de dólares em janeiro, ante o fluxo de entrada de dezembro, revisado para 95,216 bilhões de dólares, o que não é suficiente para cobrir o déficit comercial do mês.

O déficit comercial dos EUA para janeiro foi de 52,57 bilhões de dólares. O departamento havia informado originalmente uma entrada líquida total de 87,1 bilhões de dólares em dezembro.

(Reportagem de Nick Olivari; reportagem adicional de Richard Leong)