Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Carro autônomo da Uber mata pedestre nos EUA

De acordo com as informações da polícia, a vítima foi atropelada ao cruzar a rua fora da faixa de pedestres

Por Da redação - Atualizado em 19 mar 2018, 20h05 - Publicado em 19 mar 2018, 14h27

Um carro autônomo da Uber atropelou e matou uma pedestre nos Estados Unidos. As informações são do jornal The New York Times. O incidente ocorreu na cidade de Tempe, no Arizona.

Segundo a reportagem, o veículo estava no modo automático, mas com um condutor ao volante. A vítima foi atropelada ao cruzar a rua fora da faixa de pedestres, de acordo com as informações da polícia. Não foi possível precisar se o acidente ocorreu na noite de domingo ou na madrugada de segunda-feira.

A Uber iniciou um programa de testes de carros autônomos em setembro de 2016, na cidade de Pittsburgh, no Estado da  Pensilvânia. Os veículos também circulam em Tempe e em São Francisco (Califórnia). Em março, a empresa suspendeu o programa no Arizona após a colisão de seu carro com outro veículo.

As autoridades americanas exigem que haja um motorista habilitado embarcado nos veículos que se dirigem sozinhos. Além da Uber, os carros autônomos da Tesla Motors e do Google também já se envolveram e acidentes, mas não há, até o momento, registro de morte de pedestres.

Publicidade

O CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, tuítou a respeito do acidente no início desta tarde, lamentando o ocorrido. “Notícias incrivelmente tristes do Arizona. Nossos pensamentos estão com a família da vítima, enquanto trabalhamos com as autoridades locais para entender o que aconteceu”, escreveu o executivo.

Publicidade