Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

CÂMBIO-Dólar passa a cair com expectativas de fluxo externo

SÃO PAULO, 6 Fev (Reuters) – O dólar apagou os ganhos registrados mais cedo nesta segunda-feira e passava a ser operado com leve baixa, diante das expectativas de mais entradas de moeda estrangeira no país, amparadas pelas emissões externas de várias empresas brasileiras feitas recentamente e pelo surpreendente resultado do leilão de aeroportos.

Às 14h10 (horário de Brasília), a moeda norte-americana era negociada a 1,7127 real para venda, em baixa de 0,26 por cento e na mínima do dia . Mais cedo, a divisa atingiu a máxima de 1,7358 real.

“Há uma montanha de dinheiro entrando no país”, afirmou o diretor de câmbio da Pionner Corretora, João Medeiros.

Entre diversas emissões, o diretor lembrou as captações externas da Petrobras, do Grupo Virgolino, do frigorífico Minerva e da Brasil Telecom.

Nesta segunda-feira, a demanda pelas notas não-securitizadas de 10 anos da Brasil Telecom superou 6,3 bilhões de dólares, e os livros já foram fechados, informou o IFR, serviço de notícias da Thomson Reuters. A expectativa é de que a emissão possa atingir 1 bilhão de dólares.

O diretor citou também o resultado do leilão de aeroportos, realizado nesta segunda-feira, como outro motivo para a desaceleração do dólar.

“Na sessão de hoje, o leilão dos aeroportos funcionou como um resultado interessante, pois mostra que o Brasil continua sendo um pólo de atração”, disse Medeiros.

Grupos nacionais e estrangeiros vão desembolsar 24,5 bilhões de reais para assumir o comando de três dos maiores aeroportos do Brasil, quase cinco vezes o valor mínimo de 5,5 bilhões de reais que o governo pedia pelo controle dos terminais de Guarulhos, Viracopos e Brasília.

Diante do movimento de valorização do real, o Banco Central voltou a atuar no mercado na última sexta-feira, ao anunciar um leilão de compra da moeda norte-americana a termo. Por enquanto, nesta segunda-feira, a autoridade monetária não voltou ao mercado.(Por Natália Cacioli; Edição de Patrícia Duarte)