Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Caixa nomeia 4 vice-presidentes para substituir afastados após Lava Jato

Banco abriu processo profissional de contratação após investigações apontarem para suspeita de desvios praticados por vice-presidentes

A Caixa Econômica Federal anunciou na terça-feira 6 que seu conselho de administração aprovou a nomeação de quatro vice-presidentes para as áreas de governo, loterias, corporativa e de habitação. As indicações concluem um processo de seleção anunciado em janeiro, após o afastamento de quatro dirigentes por suspeita de envolvimento em irregularidades investigadas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público em desdobramentos da Operação Lava Jato.

O economista João Carlos da Silva será o responsável pela vice-presidência de governo. O também economista João Eduardo de Assis Pacheco assumirá a área corporativa.

Roberto Barros Barreto, funcionário de carreira do banco, assumirá a vice-presidência de fundo de governos e loterias. Outro empregado do banco, Jair Luiz Mahl, responderá pela habitação.

O pedido de afastamento dos dirigentes foi feito em dezembro do ano passado e assinado pelas forças-tarefa das operações Greenfield, Cui Bono? e Sépsis — as duas últimas derivadas da primeira. O presidente Michel Temer atendeu à recomendação em janeiro deste ano. As operações investigam desvios no FI-FGTS e liberações de crédito para empresas. 

Como resultado, a Caixa abriu pela primeira vez um processo de seleção profissional de vice-presidentes. Havia o temor de que as nomeações ficassem paralisadas pela troca de governo, mas Temer mandou dar seguimento às contratações.

(Com Reuters)