Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil perdeu 408.172 empregos formais em dezembro

O saldo do ano, no entanto, foi positivo, com a criação de 1.944.560 vagas formais; o resultado foi 23,5% menor que o apurado em 2010

A meta do Ministério do Trabalho no início do ano passado era de criação de 3 milhões de postos. Ao longo de 2011, o então ministro Carlos Lupi reduziu a projeção para 2,5 milhões e, em seguida, para 2,3 milhões

O Ministério do Trabalho informou, nesta terça-feira, que o saldo líquido de empregos com carteira assinada no país ficou negativo em 408.172 postos em dezembro de 2011. Analistas já previam perda de 341 mil a 482 mil postos. O resultado, porém, ficou abaixo da mediana das previsões, que era de perda de 398 mil vagas.

Leia também:

Setor de serviços foi o que mais criou emprego em 2011

(com Agência Estado)