Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil já tem 2,9 milhões de empregos verdes, diz OIT

Estudo divulgado nesta quinta-feira classifica Brasil e Estados Unidos como bons exemplos. Até 60 milhões de empregos ao redor do mundo podem ser criados na nova economia

“O atual modelo de desenvolvimento tem se mostrado ineficiente e insustentável, não só para o ambiente, mas também para as economias e sociedades”, disse o diretor geral da OIT, Juan Somavia

A transformação da economia atual – considerada poluidora, ineficiente, desigual e insustentável – para uma economia verde – que dê prioridade ao uso de recursos renováveis e leve em conta o futuro do planeta – pode gerar até 60 milhões de empregos ao redor do mundo nas próximas duas décadas, afirma um relatório da Organização Mundial do Trabalho, publicado nesta quinta-feira.

No documento, o Brasil, juntamente com os Estados Unidos, é citado como exemplo de liderança nessa transição, por já ter criado 2,9 milhões de empregos com a nova economia em 2010. O número, de acordo com o relatório, corresponde a 6,6% da força total de trabalho do país no mesmo ano. Essa proporção pode aumentar, caso iniciativas em setores chave sejam tomadas em direção a uma economia verde.

“O atual modelo de desenvolvimento tem se mostrado ineficiente e insustentável, não só para o ambiente, mas também para as economias e sociedades”, disse o diretor geral da OIT, Juan Somavia, durante o lançamento do relatório, ocorrido em Genebra, na Suíça.

Com o nome de “Rumo ao Desenvolvimento Sustentável: oportunidades de trabalho decente e inclusão social em uma economia verde”, o estudo afirma que a adoção de políticas corretas para uma economia sustentável é fundamental para que as oportunidades de emprego sejam aproveitadas.

“As descobertas salientam que milhões de pessoas podem ser incluídas nos esforços para combater a pobreza e para a melhoria da qualidade de vida desta e das futuras gerações. É uma mensagem positiva de oportunidade em um mundo atordoado por desafios que estamos enviando às principais cidades do planeta no exato momento em que os líderes do mundo se preparam para a Rio+20”, afirmou Achim Steiner, chefe do .

O setor da economia verde que mais emprega e mais cresce no mundo é o de energia renovável, que, em 2010, respondia por 5 milhões de trabalhos no mundo. Em 2006, havia apenas 2,3 milhões de pessoas empregadas pelo setor, o que indica que o mercado está mais do que duas vezes maior. No Brasil, 913 mil pessoas são empregadas no setor, sendo 889 mil na geração de biocombustíveis.

Confira a íntegra do relatório, em inglês.