Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Bradesco segue BC e anuncia redução de juros

Banco reduziu taxas em várias modalidades de crédito; as novas condições valem para todos os clientes e passa a vigorar a partir da próxima segunda-feira

Por Da Redação 29 ago 2012, 20h49

O Bradesco anunciou na noite desta quarta-feira uma nova rodada de redução das taxas de juros de várias modalidades de crédito. A medida acompanha a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central, que reduziu a taxa Selic em 0,50 ponto porcentual, para 7,5% ao ano. Diversas linhas de empréstimos e financiamentos, tanto para clientes pessoas físicas como para empresas, passam a ter taxas menores. As novas condições valem para todos os clientes.

Para os clientes pessoa física do Bradesco, a taxa de juros mínima do Crédito Pessoal, foi reduzida de 1,89% para 1,85% ao mês. Na modalidade CDC Veículos, a taxa mínima foi reduzida de 0,89% para 0,85% ao mês, e a máxima de 2,87% para 2,83% ao mês.

Leia mais:

BC corta Selic em 0,5 p.p. e mira controle da inflação em 2013

Governo prorroga IPI reduzido de automóveis e linha branca

Na modalidade Leasing Veículos, a taxa mínima diminuiu de 1,59% para 1,55% ao mês, e a máxima de 2,92% para 2,88% ao mês. No Financiamento de Bens/Serviços, a taxa mínima caiu de 2,36% para 2,32% ao mês, e a máxima de 4,83% para 4,79% ao mês. No Cheque Especial, a taxa de juros mínima é de 3,95% ao mês.

Para empresas, no empréstimo de Capital de Giro, a taxa mínima caiu de 2,35% para 2,31% ao mês, e a máxima de 5,29% para 5,25% ao mês. Na modalidade Conta Garantida, a taxa mínima foi reduzida de 3,21% para 3,17% ao mês. Os juros da linha de Antecipação de Recebíveis de Duplicatas, Cheques e Cartão de Crédito foram reduzidos de 2,01% para 1,97% ao mês na mínima, e de 4,50% para 4,46% ao mês na máxima.

O novo patamar de juros passa a vigorar a partir de segunda-feira, dia 3 de setembro, em toda a rede de agências.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade
Publicidade