Clique e assine com até 92% de desconto

Bolsonaro desconhece o Pix

Banco Central iniciou hoje o cadastro das chaves para inaugurar o novo sistema de pagamentos e já recebeu 3,5 milhões de registros

Por Josette Goulart Atualizado em 5 out 2020, 20h35 - Publicado em 5 out 2020, 20h26

O Banco Central está prestes a botar para rodar o Pix, o novo sistema de pagamentos que promete revolucionar a forma como as pessoas lidam com o dinheiro e bancarizar milhões de brasileiros, mas o presidente Jair Bolsonaro parece ainda não saber do que se trata. Um apoiador de seu governo deu hoje o parabéns para o presidente pelo Pix e ele disse: “Não tomei conhecimento. Vou conversar esta semana com o Roberto Campos (presidente do Banco Central)”. Hoje foi uma data importante para a estreia do Pix. Começou oficialmente o cadastro das chaves para que as pessoas possam usar o sistema a partir do dia 16 de novembro. Segundo o Banco Central, 3,5 milhões de pessoas registraram suas chaves neste primeiro dia. Essas chaves podem ser o telefone, o email, o CPF, que serão suficientes para se fazer transferências, sem a necessidade de digitar agência, banco e conta corrente para completar uma transação. Também poderão ser feitas chaves aleatórias ligadas a cada pessoa.

Apesar de o presidente não estar inteirado sobre o assunto, o Banco Central obrigou 34 instituições financeiras a participarem do Pix, as com a maior quantidade de clientes, e também garantiu a gratuidade do serviço para as pessoas físicas. Ao todo, 644 instituições estão habilitadas no Banco Central para já cadastrar as chaves de seus clientes. Mas, ao todo, 930 demonstraram interesse em participar do novo sistema de pagamentos. O Pix funciona como a TED e o DOC, com a diferença de que poderá ser feito 24 horas por dia, 7 dias por semana, sem custo e o dinheiro mudará de mãos em questão de 10 segundos, e com a transação sendo confirmada para as duas pontas. Os bancos já estão correndo para conquistar as principais chaves dos clientes, como o celular, por exemplo, pois desta forma acreditam que o usuário passará a utilizar mais aquela conta para qualquer atividade bancária que for realizar, inclusive para recebimento de salário. O grande segredo para uma instituição lucrar com uma conta gratuita, como muitas fintechs oferecem, é que o cliente comece a guardar e movimentar o dinheiro em seus canais.

Mas você ainda está perdido sobre o que é o Pix, então veja este vídeo do Veja Explica.

Publicidade