Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Bolsas de NY caem após decepção com Ben Bernanke

Por Da Redação 8 set 2011, 17h47

Por Gustavo Nicoletta

Nova York – Os principais índices do mercado de ações dos EUA fecharam em baixa, em meio à falta de novidades num discurso do presidente do banco central americano (Fed), Ben Bernanke, e a um aumento levemente maior do que o esperado no número de pessoas que entraram com pedido de auxílio-desemprego na semana passada.

Num discurso feito hoje, Bernanke disse que o Federal Reserve possui uma série de ferramentas para oferecer estímulo adicional à economia dos EUA e que está pronto para adotar essas medidas quando julgar conveniente. Apesar disso, ele não forneceu detalhes sobre o que os membros do banco central pretendem fazer na próxima reunião de política monetária, que deve ocorrer nos dias 20 e 21 de setembro.

Os investidores haviam adotado uma postura de cautela antes mesmo do discurso de Bernanke porque, pela manhã, o Departamento de Trabalho dos EUA divulgou que o número de pessoas que entraram com pedido de auxílio-desemprego na semana encerrada em 3 de setembro teve um aumento de 2 mil – ou o dobro do previsto – em comparação ao total registrado na semana anterior.

O mercado ainda espera o discurso do presidente dos EUA, Barack Obama, às 20h (de Brasília), que apresentará ao Congresso um plano para estimular a criação de empregos.

O Dow Jones caiu 119,95 pontos, ou -1,04%, para 11.295,81 pontos. A Cisco Systems foi um dos poucos componentes do índice que fecharam em alta, subindo 2,58% depois de as ações da companhia terem sua recomendação elevada para “comprar”, de “manter”, por analistas da Auriga. O Nasdaq recuou 19,80 pontos, ou 0,78%, para 2.529,14 pontos. O S&P 500 teve declínio de 12,72 pontos, ou 1,06%, para 1.185,90 pontos. As informações são da Dow Jones.

Continua após a publicidade
Publicidade