Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bolsas asiáticas seguem em baixa; Taiwan perde 0,83%

Por Ricardo Criez

Tóquio – A maioria das Bolsas da Ásia permaneceu no vermelho, em que pese a recuperação de Wall Street no dia anterior. Os investidores, novamente, foram influenciados pelos temores de calote na dívida da Grécia. Não houve negociações em Hong Kong e na China por ser feriado.

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, também mostrou desapontamento com a fala de Ben Bernanke, presidente do Fed (o Banco Central dos EUA) e o lançamento do novo produto da Apple. O índice Taiwan Weighted caiu 0,83% e terminou aos 6.989.15 pontos.

Já a Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, sofreu mais com a ausência de detalhes sobre os planos para conter a crise da zona do euro. O índice Kospi perdeu 2,3% e encerrou aos 1.666,52 pontos.

Na Austrália, a Bolsa de Sydney reagiu de forma positiva aos ganhos em Wall Street e à notícia de que os líderes europeus estão trabalhando em um plano para recapitalizar os bancos da região. O índice S&P/ASX 200 subiu 1,4% e fechou aos 3.926,5 pontos.

A Bolsa de Manila, nas Filipinas, teve ligeira queda causada por realização de lucros, após o rali na sessão da manhã por conta dos resultados dos mercados norte-americanos. O índice PSEi baixou 0,18% e fechou aos 3.823,13 pontos.

A Bolsa de Cingapura terminou estável, corroendo os ganhos da manhã, uma vez que os mercados aguardam novidades da Europa, onde uma solução para o fim da crise das dívidas soberanas está próximo. O índice Straits Times baixou 0,1% e fechou aos 2.528,71 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, subiu 0,7% e fechou aos 3.293,24 pontos, com cautela ante os problemas na zona do euro.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, subiu 0,68% efechou aos 861,25 pontos.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, ganhou 1,1% e fechou aos 1.375,67 pontos, mas com fracos negócios pois, a despeito da recuperação em Wall Street ontem, as baixas em Tóquio, Taiwan e Seul afetaram o sentimento e limitaram os ganhos. As informações são da Dow Jones