Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Boa Vista SCPC apura possível vazamento de dados de milhões de brasileiros

A empresa reúne informações como CPF, e-mail, endereço e histórico financeiro dos brasileiros

A Boa Vista SCPC, empresa de análise de crédito, investiga uma possível invasão de hackers ao seu banco de dados na noite de domingo. A empresa concentra 350 milhões de dados pessoais e financeiros de brasileiros.

Procurada por VEJA, a Boa Vista não confirmou o ataque, mas disse que está “apurando a origem e a extensão do possível incidente”. Ainda de acordo com a empresa, se for o caso, serão adotadas “todas as medidas técnicas e legais pertinentes”.

O ataque, liderado pelo grupo Fatal Error Crew, foi divulgado em um site de compartilhamento de códigos de computador. A mensagem questiona o direito da Boa Vista de ter os dados pessoais de brasileiros “mesmo que eles não possuam dívidas”.

O grupo ainda diz estar monitorando o banco de dados da empresa há anos. “Vcs não acham errado isso? (sic) Não postamos a informação de nenhum brasileiro pois prezamos pela privacidade, porém sugiro mudarem todas suas senhas logo.”

A Boa Vista SCPC reúne dados como CPF, e-mail, endereço e histórico financeiro dos brasileiros e comercializa o acesso dessas informações para outras empresas. Além disso, faz análise de crédito — e concorre com SPC e Serasa.

A mensagem do ataque também faz referência ao plano do candidato à Presidência Ciro Gomes de limpar o nome dos brasileiros do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). “Ciro Gomes, só dizer que noix tira (sic) o nome de todo mundo do SPC”.

Hackers invadem banco de dados do Boa Vista SCPC, que armazena informações de 350 milhões de brasileiros

Hackers invadem banco de dados do Boa Vista SCPC, que armazena informações de 350 milhões de brasileiros (Twitter/Reprodução)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Concordo plenamente que nenhuma empresas privada tem o direito de ter estes dados e principalmente qualquer um poder pagar uma taxa na CDL ou na internet para fazer consultas, eles ganham dinheiro com meus dados. Nunca autorizei e nunca solicitei que meus dados estivessem lá.

    Curtir