Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

BCE vota intercâmbio de títulos gregos

O intercâmbio protegeria o Banco Central Europeu de uma possível lei que obrigue os credores a renunciar parte dos títulos gregos

O Banco Central Europeu (BCE) submeteu na última quinta-feira à votação de seus governadores uma operação de intercâmbio das obrigações gregas que possuem, disseram fontes próximas ao banco. O BCE preferiu não se pronunciar a respeito, no entanto, o jornal alemão Die Welt, informou ontem à noite que a operação de intercâmbios havia sido aprovada e estava em curso.

Segundo apurou a agência France-Presse, o presidente do banco central alemão (Bundesbank), Jens Weidmann, votou contra o projeto. O intercâmbio de suas obrigações evita que o BCE seja submetido a uma lei que está sendo preparada em Atenas, que prevê obrigar a todos seus credores a renunciar a parte de seus títulos gregos.

Ao mesmo tempo, a operação permitiria potencialmente ao BCE obter ganhos. Com efeito, o intercâmbio acontece sobre a base do valor nominal dos títulos – entre 40 e 50 bilhões de euros -, apesar de a instituição tê-los comprado por um preço menor em 2010, com uma redução de 70 a 80%. Dessa forma o ganho gerado seria distribuído aos países da zona do euro e poderia também beneficiar a Grécia.

O BCE tem comprado também nestes últimos meses títulos da dívida portuguesa, irlandesa, espanhola e italiana, como efeito de seu programa de aquisições no mercado secundário da dívida pública de países em dificuldades.

(Com agência France-Presse)