Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

BC deve subir juro pela quarta vez consecutiva

A taxa deve subir de 8,5% para 9% ao ano, de acordo com analistas do mercado

Por Da Redação 28 ago 2013, 08h21

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) anuncia na noite desta quarta-feira nova decisão sobre a taxa básica de juros da economia, a Selic. Os diretores devem elevar a taxa de 8,5% para 9% ao ano, segundo o Boletim Focus, do BC, divulgado na segunda-feira. Se a expectativa for confirmada, será a quarta elevação consecutiva, levando os juros ao maior patamar desde maio de 2012. Para o final de 2013, os economistas apostam em Selic a 9,50%, ante o patamar de 9,25% previsto anteriormente.

Leia também:

Mantega já admite que alta do dólar pode impactar preços

A expectativa de um novo aperto monetário tem como base o patamar inflacionário. A prévia da inflação de agosto, medida pelo IPCA-15, indica alta de 0,16% em agosto e de 6,15%, no acumulado dos últimos doze meses.

Dólar – Outro fator macroeconômico que tem preocupado é a alta do dólar, que reflete nos preços do mercado doméstico. Durante evento realizado na segunda em São Paulo, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, reconheceu que a valorização da moeda norte-americana tem peso na inflação.

Ata – Para projetar a nova alta, o mercado leva em conta também a ata da última reunião do Copom, realizada em julho, que sinalizou que os juros continuariam subindo este ano.

Leia ainda:

Em ata do Copom, BC sinaliza: juros seguirão em alta

Continua após a publicidade

Publicidade