Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

BC autoriza banco chinês ICBC a operar no Brasil

Permissão para início das operações acontece poucos meses após a instituição ter sido autorizada a se instalar no país

O Banco Central autorizou nesta quarta-feira o início do funcionamento do ICBC do Brasil Banco Múltiplo S.A., subsidiária do Industrial and Commercial Bank of China (ICBC), maior banco do país asiático.

A instituição terá as carteiras comercial e de investimento, além de fazer operações no mercado de câmbio. A filial terá sede social em São Paulo (SP) e capital inicial de 202,1 milhões de reais. A autorização ocorre alguns meses após o BC ter dado sinal verde para a operação do banco no país.

Em agosto, a autorização para o estabelecimento do banco chinês no país foi publicada no Diário Oficial da União. O decreto assinado pela presidente Dilma Rousseff, pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, e pelo presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, afirmava que “é do interesse do governo brasileiro a participação estrangeira de até 100% no capital social de banco múltiplo a ser constituído pelo Industrial and Commercial Bank of China Limited”.

O ICBC foi o primeiro banco chinês a operar na Argentina, e na época a instituição já manifestava interesse em se expandir para outros países da região, como Brasil e Peru. A instituição financeira chinesa vem ampliando sua atuação na América Latina. Há pouco mais de um ano, o banco adquiriu 80% das operações argentinas do sul-africano Standard Bank por 600 milhões de dólares.

Leia também:

China pode crescer 8,2% em 2013, diz instituto do país

Recuperação da China está intacta, mas exportações pesam

(com Estadão Conteúdo)