Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Barroso, da UE, quer recapitalização coordenada dos bancos

Por Da Redação 6 out 2011, 07h51

BRUXELAS/LONDRES, 6 de outubro (Reuters) – O braço executivo da União Europeia propôs nesta quinta-feira uma recapitalização coordenada dos bancos, enquanto os reguladores do bloco se reuniam para analisar os colchões de capital das instituições financeiras em dificuldade.

“Nós estamos agora propondo que os Estados-membros tenham uma ação coordenada para recapitalizar os bancos e, assim, se livrar dos ativos tóxicos que eles possam ter”, afirmou o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, em entrevista televisionada.

Foi a declaração mais explícita até agora de uma autoridade da UE sobre ação coordenada para ajudar a restaurar a confiança no setor bancário, que está sendo cada vez mais evitados pelos investidores como resultado da crise de dívida da zona do euro.

O índice europeu de ações ampliou a alta após os comentários de Barroso.

Autoridades da UE fisseram que nada fora finalizado e que as discussões continuam sobre a forma de uma eventual ação coordenada.

Continua após a publicidade

A Autoridade Bancária Europeia (ABE), que conclui reunião de dois dias nesta quinta, disse estar examinando a resiliência dos colchões de segurança dos bancos com o pano de fundo da “situação atual”.

“A ABE está avaliando as posições de capital dos bancos”, disse a autoridade em comunicado.

Muitos bancos enfrentam severas pressões de financiamento devido à preocupação do mercado sobre sua exposição à dívida governamental da Grécia e de outros Estados altamente endividados da zona do euro.

A ABE está preparando o terreno técnico ao determinar quais bancos deveriam ser incluídos em qualquer recapitalização coordenada.

(Reportagem de Huw Jones em Londres e John O’Donnell em Bruxelas)

Continua após a publicidade
Publicidade