Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Barril do Texas fecha em alta

Por Da Redação 15 nov 2011, 17h55

Nova York, 15 nov (EFE).- O Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) para entrega em dezembro fechou nesta terça-feira em alta de 1,25%, cotado a US$ 99,37 por barril, impulsionado pela difusão de dados macroeconômicos melhores que os estimados nos Estados Unidos, apesar dos temores sobre a crise da dívida na Europa.

Ao término do pregão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos de futuros do Texas subiam US$ 1,23 em relação ao preço do fechamento de segunda-feira, aproximando-se da barreira simbólica dos US$ 100.

O preço do WTI se viu pressionado para cima após o Departamento de Comércio americano anunciar que as vendas do varejo nos EUA cresceram 0,5% em outubro graças ao aumento das compras nos setores automotivo, eletrônica e materiais de construção, somando assim o quinto mês consecutivo de crescimento.

Esses dados melhores que os estimados pelos analistas nos EUA influíram mais na cotação do WTI do que os constantes temores sobre a crise da zona do euro, num dia em que a rentabilidade da dívida da Itália ultrapassou novamente o nível de 7%, considerado insustentável para um país.

Os contratos de gasolina com vencimento em dezembro subiram US$ 0,05 e fecharam valendo US$ 2,58 por galão (3,78 litros), enquanto os de gasóleo para calefação com entrega também em dezembro encerraram em alta de US$ 0,01, cotados a US$ 3,17 por galão.

Já os contratos de gás natural para entrega também em dezembro caíram US$ 0,05 e terminaram negociados a US$ 3,4 por cada mil pés cúbicos. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade