Arianna Huffington deixa Huffington Post para comandar startup

A Thrive Global, nova empreitada da empresária, vai atuar nos ramos de saúde e bem-estar

Por Da redação - 11 ago 2016, 20h53

Arianna Huffington, cofundadora do agregador de blogs e notícias Huffington Post, disse nesta quinta-feira que vai deixar o cargo de editora-chefe do site que carrega seu nome para se dedicar à administração de seu novo empreendimento, a startup de saúde e bem estar Thrive Global.

No Twitter, a empresária disse que achava que o Huffington Post, criado em 2005, seria seu “último ato”, mas que agora deseja se concentrar no novo empreendimento.

Em junho, Huffington, de 66 anos, que recentemente escreveu livros sobre problemas de saúde e relacionados ao sono, como A terceira medida do sucesso e The sleep revolution (A revolução do sono, em tradução livre), anunciou o lançamento da Thrive Global. A empresa oferecerá serviços a empresas para melhorar o bem-estar de funcionários ao fornecer treinamentos, seminários, cursos on-line, instruções e outros tipos de apoio.

Leia também:
Verizon compra Yahoo por US$ 4,8 bilhões
Twitter nega rumores de que seria fechado em 2017

A Verizon Communications controla o Huffington Post por meio da AOL, que adquiriu o agregador de notícias online americano e blog por 315 milhões de dólares em fevereiro de 2011. Depois de a Verizon comprar a AOL, em junho de 2015, por 4,4 bilhões de dólares, Huffington renovou o contrato para permanecer como editora-chefe e presidente do site até 2019.

“Com a Thrive Global deixando de ser uma ideia e se tornando realidade, com investidores, equipe e escritórios, ficou claro para mim que eu simplesmente não conseguiria fazer jus às duas empresas”, disse ela em comunicado.

(Com Reuters)

Publicidade