Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

ANTT propõe plano de outorga para concessão da BR-153

A expectativa é que edital seja apresentado em fevereiro, como havia comentado o ministro César Borges

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) propôs um plano de outorga para concessão da rodovia BR-153 (TO/GO) ao Ministério dos Transportes, segundo edição do Diário Oficial da União (DOU) nesta segunda-feira.

O plano refere-se ao trecho entre o entroncamento da BR-060, em Anápolis (GO), e o entroncamento com a TO-070, em Aliança do Tocantins. O ministro dos Transportes, César Borges, disse, no final do ano passado, que havia chance de lançar o edital para a licitação da BR-153 (GO/TO) em fevereiro.

Leia mais:

Governo autoriza concessão de cinco novos terminais portuários

Governo prevê licitação de apenas dois trechos de ferrovias no 1º semestre

Licitações – No ano passado, o governo licitou cinco lotes rodoviários. O último foi o leilão da BR-040, que corta o Distrito Federal e os Estados de Goiás e Minas Gerais, em 27 de dezembro. O vencedor foi o consórcio Invepar, com um desconto de 61% no valor-teto do pedágio. Ainda no ano passado foi leiloado o trecho no Mato Grosso do Sul da BR-163, cujo vencedor foi a CCR. A Triunfo Participações também venceu em dezembro a concorrência da rodovia que liga Brasília e Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, com trechos das BRs 060, 153, 262, com deságio de 52%.

O trecho da BR-163 em Mato Grosso foi concedido em novembro, após uma oferta agressiva da Odebrecht Transport. Em setembro, o consórcio Planalto venceu o leilão do trecho da BR-050 entre Goiás e Minas Gerais. O governo até tentou leiloar o trecho da BR-262, que liga a BR-101 no município de Viana (ES) até a BR-381 em João Monlevade (MG), em setembro, mas não houve interessados. A ideia é que o edital do trecho seja refeito e ele seja novamente oferecido à iniciativa privada. Os leilões fazem parte do Programa de Investimento em Logística (PIL) anunciado pela presidente Dilma Rousseff em 2012.

Mapa das privatizações de rodovias, portos e aeroportos em 2013

(com Estadão Conteúdo)