Clique e assine a partir de 9,90/mês

Além de barrar importação, China retira carne dos supermercados

A maior rede de hipermercados chinesa, a Sun Art Retail, tomou decisão dias após país banir temporariamente importações de carne brasileira

Por Da redação - Atualizado em 22 mar 2017, 16h21 - Publicado em 22 mar 2017, 09h38

Não bastasse a suspensão temporária das importações da carne brasileira, a China retirou o produto brasileiro das prateleiras de seus supermercados. A medida, que inclui carnes bovina e de frango, é sinal concreto de que o escândalo envolvendo a indústria processadora do Brasil está afetando os negócios em seu principal mercado de exportação.

A decisão foi tomada pela Sun Art Retail, maior rede de hipermercados do país, e pelos braços chineses das gigantes globais Walmart e Metro, dias após a China banir temporariamente as importações de carne brasileira.

Temores sobre a qualidade da carne brasileira surgiram depois que a Polícia Federal deflagrou a Operação Carne Fraca, na semana passada, acusando fiscais de receberem subornos para permitir a venda de produtos estragados e contaminados.

Uma porta-voz da Sun Art Retail, que opera 400 hipermercados chineses, disse nesta quarta-feira que a rede recolheu carne fornecida pela BRF e pela JBS de suas prateleiras a partir de segunda-feira. A carne bovina brasileira responde por menos de 10% da oferta da Sun Art Retail, de acordo com a rede.

Continua após a publicidade

O Walmart também retirou produtos de carne brasileira de suas lojas. Já a alemã Metro recolheu asas e coxas de frango de suas lojas na China.

(Com agência Reuters)

Publicidade