Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Lula ignorou alerta de acionistas da Petrobras sobre demissão de Prates

No dia seguinte à saída do presidente da estatal, a empresa levou um tombo de 34 bilhões de reais no seu valor de mercado

Por Robson Bonin Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO , Gustavo Maia Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO 17 Maio 2024, 10h01

No início de abril, o governo avisou a acionistas da Petrobras que o então presidente da estatal, Jean Paul Prates, iria cair e foi alertado que isso deveria ocorrer antes da eleição do Conselho de Administração da empresa, que ocorreu no dia 25 do mês passado.

Lula, no entanto, postergou a demissão, sacramentada apenas na noite da última terça-feira. Resultado: no dia seguinte à saída de Prates, a petroleira levou um tombo de 34 bilhões de reais no seu valor de mercado, uma queda de 6,8%.

Na conversa ocorrida no dia 3 de abril, no Palácio do Planalto, o advogado Leonardo Antonelli, que representa acionistas minoritários da estatal, ponderou a auxiliares do presidente que o certo seria tirar Prates antes da escolha de novos do conselho, porque teria a chance de nomear quem quisesse por ter a maioria dos votos.

“Depois da assembleia do dia 25, seria necessário destituir o conselho recém-eleito, repetindo a bandalha que o governo anterior vinha fazendo, e que levou a derreter as ações da companhia em quase 100 bilhões de reais”, declarou Antonelli ao Radar, na ocasião.

Ainda no começo de abril, ele disse que a forma como a estatal vem sendo gerida passava uma péssima imagem ao marcado internacional. “A Petrobras é uma empresa que vale quase meio trilhão de reais. Não pode ser tratada ao sabor do vento. O boletim de voto à distância já foi disponibilizado para os acionistas no exterior, ou seja eleição já começou. É um desserviço ao Brasil e aos acionistas insistir nessa desgovernança”.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.