Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar Econômico

Por Pedro Gil Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich
Continua após publicidade

Goldman projeta preço de petróleo que pode anular planos de Bolsonaro

VEJA Mercado: cotação a US$ 135 seria necessária para resolver escassez de oferta, segundo os analistas do banco

Por Diego Gimenes Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 7 jun 2022, 18h36 - Publicado em 7 jun 2022, 18h32

Os analistas do banco americano Goldman Sachs projetam que o petróleo brent deve bater a marca de 135 dólares o barril no segundo semestre de 2022 para mitigar o problema de escassez da commodity. “Acreditamos que os preços do petróleo precisam subir ainda mais para normalizar os níveis insustentavelmente baixos dos estoques globais de petróleo, bem como a Opep e as capacidades ociosas de refino”, escreveram os estrategistas. O petróleo fechou o dia cotado a 120 dólares o barril nesta terça-feira, 7, ou seja, a potencial valorização da commodity seria de mais de 10% só levando em conta as cotações internacionais. Já os preços finais da gasolina ainda não refletem o mercado internacional porque a Petrobras está desde março sem fazer reajustes, o que aumenta ainda mais o potencial de alta. Todo esse movimento do petróleo no mercado internacional pode atrapalhar os planos do presidente Jair Bolsonaro de baixar o preço dos combustíveis no Brasil. O governo federal deve encaminhar ao Congresso uma PEC que zera os impostos federais e incentiva os estados a também zerarem os seus tributos sobre os diesel e gás de cozinha, mas tudo pode ir por água abaixo caso o petróleo dispare porque os efeitos dessa medida podem ser anulados.

Leia mais em: Do dólar à Petrobras: a resposta do mercado à PEC eleitoral de Bolsonaro

*Quer receber alerta da publicação das notas do Radar Econômico? Siga-nos pelo Twitter e acione o sininho.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.