Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Gabriel Mascarenhas (interino) Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

MPF denuncia corretora de investimentos por fraudes em fundos

Gradual Investimentos teve Liquidação Extrajudicial decretada pelo Banco Central em maio de 2018

Por Mariana Muniz Atualizado em 3 jul 2020, 18h27 - Publicado em 3 jul 2020, 15h44

A Gradual Investimentos foi uma das empresas denunciadas no início de junho pelo Ministério Público Federal (MPF) por gestão temerária no caso da gestora Silverado. O MPF aponta supostas fraudes em fundos de direitos creditórios (FIDCs), que geraram prejuízos aos investidores.

A denúncia foi oferecida ao juiz da 10ª Vara Especializada em Crimes Contra o Sistema Financeiro de São Paulo.

Segundo o MPF, a atuação temerária da corretora contribuiu para “o aumento dos riscos de aprovação de operações de cessão fraudulentas, bem como para a insuficiência das formalidades necessárias em uma eventual cobrança forçada dos créditos”.

A corretora, que teve Liquidação Extrajudicial decretada pelo Banco Central em maio de 2018, está também envolvida em outras denúncias e investigações da Operação Lava Jato, da Polícia Federal.

Continua após a publicidade
Publicidade