Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Evino registra crescimento de 62% no faturamento em 2020

Ao longo do ano foram importadas mais de 10 milhões de garrafas.

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 4 fev 2021, 18h51 - Publicado em 5 fev 2021, 18h32

Em um ano desafiador como foi 2020, a Evino acabou se consolidando como o maior e-commerce de vinhos da América Latina, apresentando um crescimento de 62% em seu faturamento. Ao longo do ano foram importadas mais de 10 milhões de garrafas, um volume 66% maior do que em 2019. A empresa é hoje a maior importadora de vinhos da Itália, França e Espanha no Brasil. Como consequência, o número de lançamentos também aumentou, chegando a quase 1.000 novos rótulos acrescentados ao portfólio, um crescimento de 46% em relação a 2019.

As principais praças de vendas da Evino, São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, observaram um aumento significativo no consumo de vinho. Na região metropolitana de São Paulo foram vendidas 51% mais garrafas em relação a 2019, enquanto que na região metropolitana do Rio de Janeiro este aumento foi de 70%. Já na região metropolitana de Belo Horizonte o crescimento foi de 42%.

“Em 2020, principalmente durante o auge da pandemia, o vinho ganhou novas ocasiões de consumo, como almoço e jantar em casa, happy hour virtual, uma taça para relaxar ao final de tarde, entre outras”, observa Ari Gorenstein, co-CEO da Evino.

Publicidade