Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Criptomoedas tem movimentação bilionária em fevereiro

Volume transacionado em plataforma superou a marca dos 10 bilhões de reais

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 12 mar 2021, 08h57 - Publicado em 11 mar 2021, 18h32

Os investidores em criptomoedas andam animados. O Mercado Bitcoin registrou a marca inédita de 10 bilhões de reais transacionados na plataforma – e isso apenas no mês de fevereiro. Foram mais de 5 milhões de operações, entre compra, venda, saque e depósito de  dinheiro e criptomoedas. Em comparação com o mesmo período de 2020, houve aumento de mais de 680% no volume financeiro e mais de 450% na quantidade de transações.

O dia 23 de fevereiro registrou o maior montante operado, com 332 milhões de reais, e quantidade de transações (196.406), após o preço do Bitcoin chegar a 320 mil reais no final de semana e registrar dois dias de forte queda.

Segundo Fabrício Tota, do Mercado Bitcoin, a variação do preço do Bitcoin foi um dos fatores que influenciou o grande volume de negociações. “Esse movimento é natural e a oscilação de preço é esperada. A imprevisibilidade é uma característica do Bitcoin que tanto pode seguir por um caminho de continuidade de altas, quanto de correção. De qualquer forma, o ecossistema se mostra cada vez mais maduro, respondendo às variações e se movimentando, e apresenta possibilidades além do Bitcoin”, afirma o especialista.

Leia também:

  • Decisão desastrada de Fachin muda jogo político e reforça polarização.
  • Mesmo com concessões, governo vê PEC Emergencial como ganho institucional.
  • Vacinação: no pior momento da pandemia, principais autoridades do país ensaiam reação.
  • Economia do Brasil segue travado por incerteza do futuro.
Continua após a publicidade
Publicidade