Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Copa América: 64% desaprovam realização do torneio, diz XP-Ipespe

Competição começa neste domingo; entre as pessoas que desaprovam Bolsonaro, rejeição chega a 83%

Por Larissa Quintino Atualizado em 11 jun 2021, 14h30 - Publicado em 11 jun 2021, 14h28

A rodada de junho da pesquisa XP-Ipespe mostra que a realização da Copa América no Brasil não goza de grande entusiasmo. Pelo contrário, o torneio conta com 64% de desaprovação entre os entrevistados. Entre aqueles que têm visão negativa do presidente Jair Bolsonaro, 83% reprovam o torneio. Apesar de bem menor, a rejeição é representativa inclusive daqueles favoráveis ao presidente: 35% de quem avalia Bolsonaro de forma positiva não têm a mesma visão que ele da competição.

Para o levantamento, foram realizadas 1.000 entrevistas, de abrangência nacional, nos dias 7, 8, 9 e 10 de junho.

A desaprovação da competição sulamericana de seleções tem feito com que patrocinadores deixem o evento. Nesta semana, Mastercard, Ambev e Diageo informaram que não exibirão suas marcas durante as partidas. Já a Semp TCL decidiu manter a exposição após a confirmação do Supremo Tribunal Federal (TCL) sobre a realização do evento

A Copa América estava prevista para ser realizada em 2020, mas por causa da pandemia, foi adiada em um ano. Pouco antes de um mês antes do apito inicial, a Colômbia, que seria uma das sedes, deixou de receber o evento por problemas sociais. Já a Argentina, a outra sede, desistiu por causa do agravamento da pandemia. A Conmebol, associação organizadora do evento, consultou o governo brasileiro para a possibilidade de realizar a competição no país, e recebeu prontamente o aval de Bolsonaro.

A Copa América começa neste domingo com a partida entre Brasil x Venezuela, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Ao todo, dez seleções sulamericanas participam do torneio. As seleções convidadas da Austrália e do Catar desistiram de participar.

 

Continua após a publicidade
Publicidade