Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Com atraso, Paulo Guedes deve entregar projeto com mudanças no IR na sexta

Ministério da Economia encaminhará texto com a segunda parte da reforma tributária ao presidente da Câmara, Arthur Lira

Por Larissa Quintino 24 jun 2021, 16h12

Depois de ser cobrado publicamente pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) pela demora na entrega do projeto que visa mudanças no Imposto de Renda da pessoa física, o ministro da Economia, Paulo Guedes, finalmente deve entregar o texto. Segundo o Ministério, Guedes irá à Câmara na manhã de sexta acompanhado da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, e o secretário especial da Receita Federal, José Tostes, para entregar o texto. A promessa de Lira é que, chegando o texto, a tramitação andará de forma rápida. 

O projeto, segundo o governo, trata da segunda etapa da reforma tributária, num total de quatro projetos a serem enviados. A primeira, que versa sobre a unificação de PIS e Cofins foi entregue em julho do ano passado e, até então, sem grandes avanços. No projeto a ser entregue nesta sexta, 25, o governo deve aumentar a faixa de isenção do IR e por outro lado tributar dividendos. A tabela do IR não é atualizada desde 2015 e prevê isenção para pessoas que recebem até 1.903 reais ao mês. O texto do executivo deve propor correção para cerca de 2.500 reais, com posteriores ajustes graduais. As etapas seguintes da tributária, devem propor alteração do imposto sobre produção e um novo Refis.

 

Publicidade