Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cadê o Chico?

Dilma Rousseff fez questão que o cantor e compositor estivesse na reunião que antecedeu seu discurso no plenário do Senado

Antes de entrar em Plenário para discursar e apresentar seus argumentos finais no julgamento do impeachment no Senado, a presidente afastada Dilma Rousseff se reuniu com aliados na presidência da Casa. Ao perceber que uma das principais estrelas que a apoiam, o cantor e compositor Chico Buarque, não estava em sua presença, Dilma mandou chamar o artista para ficar ao lado de ex-ministros e de seu padrinho político, o ex-presidente Lula. Chico Buarque, aliás, é o cabo eleitoral mais popular da comitiva de Dilma e a personalidade mais assediada no julgamento desta segunda-feira. O cantor chegou às galerias do Senado, onde estão os 30 convidados da presidente Dilma, às 9h16 de óculos escuros e acompanhado de Lula. Antes, participou de um café da manhã no Palácio da Alvorada, residência oficial da petista.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Sonia Martins

    Eita! Essa “comitiva” está parecendo sala de espera de geriatra!

    Curtir