Mais Lidas

  1. Justiça de SP envia a Moro pedido de prisão de Lula

    Brasil

    Justiça de SP envia a Moro pedido de prisão de Lula

  2. Bloqueio do WhatsApp deve ser decidido pelo STF

    Brasil

    Bloqueio do WhatsApp deve ser decidido pelo STF

  3. Sasha Meneghel vai fazer faculdade nos Estados Unidos

    Entretenimento

    Sasha Meneghel vai fazer faculdade nos Estados Unidos

  4. 'Game of Thrones' pode mostrar cena decisiva no próximo episódio

    Entretenimento

    'Game of Thrones' pode mostrar cena decisiva no próximo episódio

  5. Barraco na comissão do impeachment: 'Vamos falar lá fora, seu m...'

    Brasil

    Barraco na comissão do impeachment: 'Vamos falar lá fora, seu m...'

  6. Johnson & Johnson terá que pagar US$ 55 milhões para cliente vítima de câncer

    Economia

    Johnson & Johnson terá que pagar US$ 55 milhões para cliente vítima...

  7. Justiça bloqueia bens do senador Lindbergh Farias

    Brasil

    Justiça bloqueia bens do senador Lindbergh Farias

  8. Cliente quer mais café no copo - e pede US$ 5 milhões em ação contra a Starbucks

    Economia

    Cliente quer mais café no copo - e pede US$ 5 milhões em ação...

Preço de imóveis cresceu o dobro da inflação em 2013

Segundo a Fipezap, a menor variação em 2013 foi registrada em Brasília; a maior foi em Curitiba

- Atualizado em

Placas de vende-se
Em São Paulo, maior mercado imobiliário do país, os preços cresceram 13,9% em 2013(Futurapress/VEJA)

O preço médio dos imóveis residenciais no país subiu 12,7% em todo o ano de 2013, pouco abaixo do aumento de 2012, de 13,7%, de acordo com o Índice Fipezap, divulgado nesta segunda-feira pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). A pesquisa é feita a partir dos anúncios do site Zap em sete capitais brasileiras.

Considerando o índice ampliado, com o levantamento de preços em dezesseis cidades, o indicador de preços de moradias avançou 13,7% em 2013. Até junho de 2012, apenas sete cidades faziam parte da pesquisa e, por isso, não é possível comparar os dois anos. Mesmo assim, ambos vão ficar bem acima do inflação, cuja projeção de economistas ouvidos pelo Banco Central para o relatório Focus, de 5,7% para 2013.

Leia mais:

Inflação do aluguel acelera em dezembro e sobe 5,51% no ano

Shopping Iguatemi tem o 14º aluguel mais caro do mundo

A menor variação dos preços no ano de 2013 foi registrada em Brasília, onde o preço médio subiu 4,2%. As demais cidades tiveram aumentos variando entre 9,5% em São Bernardo do Campo (SP) e 37,3% em Curitiba.

Em São Paulo, maior mercado imobiliário do país, os preços cresceram 13,9% em 2013, patamar abaixo dos 15,8% de 2012. No Rio de Janeiro, a alta foi de 15,2%, resultado levemente superior aos 15% do ano anterior. Belo Horizonte encerrou 2013 com alta de 9,7% nos preços dos imóveis residenciais, Salvador com 10,7%, Fortaleza com 14,1%, e Recife com 13,4%.

(com Estadão Conteúdo)

TAGs:
Preço
Inflação
Imóveis