Política

Câmara ouvirá Pimentel sobre compra da Delta pela J&F

Oposição tinha intenção de convocar Luciano Coutinho, presidente do BNDES, mas, em minoria, não conseguiu

o ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel

Fernando Pimentel será chamado a esclarecer negócio com a J&F (Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agencia Brasil/VEJA)

Os deputados da Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara pedirão informações ao ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Fernando Pimentel, sobre a compra da Delta Engenharia pela holding J&F. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) tem participação na estrutura de capital da JBS, do ramo de frigoríficos, e que faz parte do grupo J&F.

O requerimento de informações foi aprovado em substituição a outros três pedidos apresentados por partidos de oposição para realização de audiência pública na comissão para debater o negócio entre as empresas.

Os requerimentos previam a participação do presidente do BNDES, Luciano Coutinho. Em minoria, a oposição não reuniu número de votos na comissão para aprovar os requerimentos e concordou com a proposta dos governistas de solicitar informações ao ministro, cujo BNDES é subordinado.

São duas as questões a serem encaminhadas ao MDIC: se houve interferência do governo na compra da Delta pela holding e se houve participação de recursos públicos na negociação.

O site de VEJA apurou que foi acertada a quinta-feira da semana que vem a entrega da defesa da Delta, preparada pela J&F, à Controladoria-Geral da União (CGU) em processo que investiga a idoneidade da empreiteira.

Leia mais:
Petrobras retira Delta de obras em complexo no RJ

J&F assume gestão da Delta

Negociação da Delta apoia-se na certeza de aval da CGU
Planalto nega ter dado aval à troca de comando da Delta

(Com Agência Estado)

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados