Televisão

'Dercy de Verdade': Nizo Neto interpreta o pai, Chico Anysio

Episódio da noite desta quarta-feira da séria terá ainda homenagens a grandes nomes da TV, como Eleonor Bruno, Boni, Max Wilson e Oscarito

Leo Pinheiro
Nizo Neto caracterizado como Chico Anysio: minissérie em tom de homenagem

Nizo Neto caracterizado como Chico Anysio: minissérie em tom de homenagem (Divulgação/Rede Globo)

Internado no Centro de Terapia Intensiva do Hospital Samaritano, no Rio, desde 22 de dezembro, o humorista Chico Anysio vai receber, na noite desta quarta-feira, uma homenagem diferente, exibida para todo o Brasil. Nizo Neto, filho de Chico, estará no ar em Dercy de Verdade, interpretando o pai.

“É claro que existem grandes atores que poderiam interpretar meu pai. Mas pela convivência e por ter sempre acompanhado muito a carreira dele, acho que ninguém ficaria mais parecido que eu”, afirma o ator de 47 anos, que teve que cortar pintar os cabelos para fazer Chico aos 30 anos.

As semelhanças, garante Nizo, não serão apenas físicas. Desde que foi escalado para o papel, há três meses, Nizo embarcou em um laboratório com o pai. “Conversei muito com ele, relembramos histórias da Dercy, que foi próxima dele por muito pouco tempo. Também tive o cuidado de repetir gestos e olhares que são dele. Acho que as pessoas vão reconhecer em mim um bom Chico Anysio”, diverte-se.

Empolgado com o trabalho, o ator diz que a série toda tem “conotação de homenagem”, e diz que esta é a principal motivação de atuar na série de Maria Adelaide Amaral. “Neste momento difícil que atravessamos, acho que essa é a homenagem mais carinhosa de todas”, conta Nizo, emocionado.

Sem data prevista para ter alta do hospital, Chico Anysio não viu a estreia da série, diz o filho. “Até tem uma televisão no CTI, mas passa muito tarde e seria cansativo para ele. Eu estou gravando tudo e já combinei com ele de vermos o DVD juntos depois. Ele está lúcido, me ouve e entende perfeitamente. Só não pode falar ainda porque fez traqueostomia. Mas logo ele vai melhorar”, disse Nizo.

Mais homenagens - Contar cem anos da vida de uma artista em quatro capítulos não é fácil. Principalmente se o personagem em questão é Dercy Gonçalves, a polêmica atriz e humorista que, desde esta terça-feira à noite, tem a sua história relembrada por colegas, atores e amigos na série escrita por Maria Adelaide Amaral. No primeiro episódio foram retratadas a infância e a juventude da atriz. E, a partir de hoje muitos, outros artistas serão homenageados por  seus descendentes. Vanessa Goulart, que já atuou em ‘Ti Ti Ti’, em 2011, interpretando a mesma personagem que sua avó, Nicette Bruno, fez na primeira versão da novela, vai agora encarnar a sua bisavó, Eleonor Bruno. Bruno Boni, filho caçula do ex-todo-poderoso da Globo José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, viverá seu pai; Mário Wilson será o avô, Max Wilson; e Carlos Loffler, o avô, Oscarito.

NA COLUNA GPS, ENTREVISTA COM MARIA ADELAIDE AMARAL

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados