Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sul-coreana morta na Coréia do Norte

A turista sul-coreana Park Wang-Já, de 53 anos, que passava férias na Coréia do Norte, foi morta por um soldado na noite desta quinta-feira, após entrar em uma zona militar restrita. Em decorrência do incidente, a Coréia do Sul suspendeu nesta sexta-feira as viagens de seus cidadãos a dois centros turísticos que mantinha no país vizinho. Park Wang-Já passeava perto de um campo de golfe, na região turística do monte Kumgang, quando se perdeu e acabou ultrapassando os limites de uma zona de acesso restrito. Segundo as autoridades norte-coreanas, a mulher saiu correndo apesar de ter recebido advertência para ficar parada.

Seul considerou o incidente “profundamente lamentável” e pediu uma investigação sobre o caso. As duas localidades turísticas financiadas por Seul desde 1998 tinham sido construídas para selar a reconciliação entre as duas Coréias. Cerca de 1,8 milhão de pessoas, a maioria sul-coreanas, visitaram a região desde que o acordo foi fechado. O centro para turistas foi desenvolvido pelo grupo sul-coreano Hyundai e seu funcionamento está a cargo da filial Hyundai Asan.