Referendo venezuelano será no primeiro trimestre de 2017

No entanto, o órgão eleitoral venezuelano conseguiu postergar o referendo para que aconteça fora do prazo para a convocação de novas eleições presidenciais

O Conselho Nacional Eleitoral (CNE) da Venezuela informou nesta quarta-feira que cumpriu todos os requisitos necessários para a realização do referendo revogatório presidencial, que “poderá ser acontecer em meados do primeiro trimestre de 2017”. Em comunicado, o CNE informou que o coleta de assinaturas de 20% dos eleitores será realizada nos dias 26, 27 e 28 de outubro e que a conferência dos dados aconteceria no final de novembro.

“Serão cumpridos os requisitos regulamentares e se o quorum mínimo para a ativação do mecanismo for atingido, a convocação do evento acontecerá no início de dezembro, data a partir da qual iniciam os 90 dias regulamentares que tem o órgão para realizar o referendo. Isso para que evento possa acontecer em meados do primeiro trimestre de 2017″, afirmou o órgão eleitoral.

Leia também
Bebês dormem em caixas de papelão em hospital da Venezuela
Maduro: Entraremos pela janela se formos expulsos do Mercosul

Manobra — O CNE, órgão controlado pelo chavismo, conseguiu postergar a coleta de assinaturas e a conferência para que o referendo aconteça fora do prazo para a convocação de novas eleições presidenciais. A data limite para encerrar o mandato de Nicolás Maduro com um revogatório e que aconteça novas eleições presidenciais, é o dia 10 de janeiro de 2017.

Caso o referendo aconteça após essa data e Maduro perca, o vice-presidente da Venezuela assumirá o cargo até a realização de novas eleições presidenciais, em 2019. A oposição venezuelana argumenta que ainda há tempo hábil para realizar o referendo este ano.

(Com agência EFE)

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Nelson Carvalho

    Golpe do CNE ?
    Aqui dizem que é golpe. Maduro diz que aqui é golpe. Mas lá, qual nome dão ?

    Curtir

  2. Antonio Augusto Simoes

    Na realidade este governo bolivarianista corrupto, perverso está ganhando tempo na esperança do preço do petróleo voltar aos níveis acima de 100 dólares o barril. Acima de 100 entra uma enxurrada de dinheiro na Venezuela e a Ditadura chavista ganha fôlego para mudar mais ainda as leis e comprar os Poderes e se perpetuar no Poder.

    Curtir