Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cidade do Canadá faz parceria com Uber para transporte público

Residentes de Innisfil pagarão valores fixos em corridas para o centro do município ou paradas de ônibus e terão desconto em outros trajetos

Ao contrário de algumas cidades da Europa e das Américas, que receberam o Uber com hostilidade, um município de Ontário, no Canadá, fez uma parceria com o serviço para solucionar um problema de transporte público. A administração de Innisfil decidiu subsidiar parte das corridas para seus moradores, por ser mais barato e eficiente do que investir em linhas de ônibus.

Atualmente, a cidade de 36.000 habitantes não tem outro meio público de locomoção além de ônibus regionais, que fazem poucas paradas em Innisfil. Segundo Tim Cane, responsável pelo planejamento urbano do município, havia dificuldade na administração em encontrar um modelo de preço acessível para cobrir a área de 290 quilômetros quadrados, com diversas propriedades rurais e uma população espalhada.

Segundo o jornal The Globe and Mail, a cidade investiu 100.000 dólares canadenses (cerca de 229.000 reais) na primeira fase do projeto, que entrou em prática nesta semana. Com o Uber, residentes de Innisfil pagam 3 dólares canadenses (6,80 reais) para viagens que partem ou vão ao centro da cidade, enquanto corridas até as paradas dos ônibus regionais custam 5 dólares canadenses (11,50 reais). Outros trajetos no perímetro da cidade têm 5 dólares canadenses de desconto.

Ao menos uma empresa de táxi da região reclamou à prefeitura sobre a parceria. De acordo com Cane, porém, três companhias locais de transporte foram consultadas na fase de planejamento e a decisão não teve haver com “a questão Uber versus táxis”, mas sim com a oferta de um serviço necessário e a bom custo. “Deixem-nos testar. Qualquer serviço que ofereçamos é melhor do que nenhum, que é o temos agora”, disse Cane à rede BBC.