Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ataques matam 9 pessoas de 2 famílias iraquianas

(Atualiza com novo ataque e mais vítimas).

Bagdá, 30 dez (EFE).- Pelo menos nove iraquianos, membros de duas famílias, morreram nesta sexta-feira em dois ataques similares realizados por supostos militantes da rede terrorista Al Qaeda na província ocidental de Al Anbar, informou à Agência Efe uma fonte de segurança.

No primeiro ataque morreu um membro das milícias sunitas pró-governo Conselhos de Salvação e três de seus filhos, quando os terroristas invadiram sua casa, situada 35 quilômetros ao nordeste de Al Fallujah.

Os supostos combatentes da Al Qaeda fugiram após cometer o atentado e aproveitaram as áreas de florestas próximas como esconderijo.

Os Conselhos de Salvação foram criados em outubro de 2006 como parte da estratégia do então comandante das forças americanas no Iraque, David Petraeus, na luta contra a insurgência vinculada à Al Qaeda.

Pouco depois deste atentado, cinco membros de outra família foram assassinados próximo a Al Fallujah, em um ataque que segundo a fonte também é de responsabilidade da Al Qaeda.

Neste segundo incidente, supostos militantes do grupo terrorista entraram na casa de um camponês e dispararam contra um aldeão e quatro de seus filhos.

Após a recente retirada das tropas americanas, o Iraque vive uma crise de segurança que foi aguçada por uma série de atentados, como as explosões que deixaram mais de 60 mortos em Bagdá na semana passada. EFE